Buscar
  • GEPPBD

O patrimônio das bibliotecas conventuais portuguesas é assunto da próxima mesa-redonda do GEPPBD

A mesa-redonda Da dispersão ao reencontro: o patrimônio das bibliotecas conventuais em Portugal e o seu destino após 1834, com a palestrante Fernanda Maria Guedes de Campos (Centro de Humanidades-CHAM NOVA FCSH; Centro de Estudos de História Religiosa – UCP CEHR) e o debatedor Frederico Antonio Ferreira (MHD/AHI - Itamaraty), vai ao ar em 10 de maio, às 15h.


Sobre a palestra, explica a convidada e consultora do Projeto de Pesquisa "A Eloquência dos livros: marcas de proveniência bibliográfica":

"A vitória do Liberalismo sobre o Absolutismo em Portugal consagrou-se em 1834. A extinção das ordens religiosas foi uma das primeiras medidas tomadas (Decreto de 28 de maio) não só pelo apoio que muitas casas religiosas, e os seus membros em particular, tinham dado a D. Miguel, monarca “usurpador”, mas também pelo vasto património móvel e imóvel que as ordens religiosas possuíam e que, através da desamortização, passava para a gestão do Estado. É neste contexto que nos propomos apresentar, em traços gerais: 1) como decorreu a apropriação do património das bibliotecas conventuais; 2) qual o destino do quase meio milhão de volumes que existia em cerca de 500 casas religiosas; 3) como podemos hoje (tentar) reconstituir esse vasto património bibliográfico disperso por várias instituições, com recurso a inventários e catálogos manuscritos que se encontram em arquivos e bibliotecas, porém valorizando sempre o possível reencontro com os próprios livros, através das suas marcas de proveniência."


Acompanhe a transmissão pelo YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=6mtv3voSZWo

Inscreva-se no Canal do GEPPBD e confira as demais mesas-redondas disponíveis: https://www.youtube.com/channel/UCfq0cBlyEr_GPfGh3JDbvsg




147 visualizações0 comentário